quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Fases. Tudo na vida são fases. Também há fezes.


A vida vai-nos desfiando como a um novelo de lã e tricotando uma camisola com laçadas mais ou menos intrincadas.

Digo eu, que não faço malha.

Houve uma altura em que a minha mãe quis que eu aprendesse, «para um dia ser uma mulher que sabe fazer tudo». Creio que faz parte da formatação de mulher.

A minha mãe gostava que eu fosse habilidosa como ela, já fez tanta malha na vida que até tem os dedos pequeninos curvados, em ambas as mãos.

Eu tentei, juro que tentei, dar laçadas com a lã que me fazia suar as mãos e depois escorregar a agulha, e ficava desesperada porque tinha de fazer tudo de novo numa nova laçada. A minha mãe ficava desesperada porque era incapaz de dominar a sua falta de paciência, enquanto fazia círculos velozes no ar com a ponta das agulhas, à medida que tricotava metros de lã como se tivesse à sua disposição todas as ovelhas do mundo. E dizia «É assim... vês?... não, é com a outra mão... como não te dá jeito?!?» e suspirava como se o facto de eu ser canhota justificasse a minha falta de jeito.

Mais suor nas mãos, mais impaciência, mais dias se passaram que pareceram muitos mais do que foram, e quando aprendi finalmente a dar laçadas na lã, uma, outra e outra e mais outra... pousei as agulhas e comuniquei à minha mãe que não a queria imitar, na fase em que as mães querem ser imitadas pelas filhas. Mostrou pena, mas no fundo respirou de alívio.

Também mostrou uma parte do seu amor incondicional.

O que é certo é que não tenho paixão por rendas e bordados e malhas e fios e coisas que nos fazem suar as mãos. Ainda estou nessa fase.

3 comentários:

BatRitinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Arsène Lupin disse...

Pois, eu também não sei fazer malha. Mas gostava de saber, talvez um dia peça à tua mãe para me ensinar, e ela ponha à minha disposição "todas as ovelhas do mundo" com a sua tão boa disposição e aquele sorriso que só ela tem.

Beijos.

Arsène Lupin disse...

Faço-te um convite para um desafio (As Três Mentiras) no meu blog, ao qual gostaria que respondesse. Vái lá espreitar. ;)